Adventskalender, um convite à reflexão

Por Mariana Klinke

Calendários do Advento prontos à venda na Camicado (@mariklinke)

Adventskalender... Essa palavra estranha e comprida vem lá da Alemanha e significa Calendário do Advento. Mas o que é Advento? O Advento é a contagem regressiva para o Natal e corresponde ao período que vai do dia 01 ao dia 24 de dezembro.

A tradição do calendário começou com a Reforma Protestante de Martinho Lutero. Até o século XVI, os presentes na Alemanha eram entregues no dia de São Nicolau. Com a reforma, os santos passaram a ser rejeitados e a entrega de presentes mudou para o dia de Natal. E foi aí que surgiu o Adventskalender, como uma forma não só de praticar a gratidão e fortalecer o vínculo familiar, mas também de adoçar esse tempo de espera.

No início, o Calendário do Advento era composto por 24 quadros com uma mensagem bíblica diferente em cada um. A ideia era ler e refletir a cada dia sobre uma delas. As famílias mais pobres geralmente pintavam 24 marcas de giz na porta da casa, e as crianças apagavam uma por dia.

Já nas casas mais ricas, além das mensagens bíblicas, havia biscoitos de gengibre para as crianças. Com o tempo, os católicos também adotaram o Adventskalender e com isso a tradição se espalhou por toda a Alemanha.

Os primeiros calendários impressos foram produzidos somente no início do século 20. Foi nesse período que o alemão Gerhard Lang desenvolveu um novo modelo de calendário, com janelinhas atrás das quais havia imagens ou versículos da Bíblia. Mas, durante o regime nazista, os símbolos cristãos foram proibidos e substituídos por personagens de contos de fadas ou divindades germânicas. Os calendários do Advento só passaram a ter um preço acessível na década de 1950, quando começaram a ser produzidos em massa. Alguns deles vinham com chocolate ou outros doces.

Meu avô materno era luterano. Mas como minha avó era católica, porém não alemã, a criação da minha mãe foi sem o Calendário do Advento. Por isso, só conheci a tradição quando fui estudar alemão. Desde então, desenvolvi um certo encantamento pelo Adventskalender. O que mais me encanta nessa ideia é que ela pode ser adaptada de diversas formas. Cristão ou não, todo mundo pode fazer esse calendário.

@mariklinke

O ensinamento mais importante de todas as religiões é fazer o bem e viver em paz (ainda que uma parte da humanidade use a fé para justificar guerras). E o bem-estar e a paz precisam ser criados, primeiramente, dentro de nós mesmos. Assim, nesse ano, em que farei meu primeiro Adventskalender, decidi que em vez de doces ou presentes, colocarei papéizinhos com pequenas mensagens para alegrar minha rotina, incluindo atividades que envolvam cuidar de mim mesma. E claro que também terá um cházinho para cada dia. =)

E aí? Que tal se juntar a mim nessa empreitada? Claro que você não precisa fazer um calendário igual ao meu. Por exemplo, se você quiser, pode colocar objetivos que tenha para o ano seguinte e refletir a cada dia sobre um deles, ou então comportamentos que você quer deixar para trás. Vale também uma retrospectiva de coisas boas que aconteceram em 2019 e pelas quais você é gratx. Tudo depende do sentido simbólico que você pretende dar ao seu calendário.

E o mais divertido de tudo é que cada um pode confeccionar seu próprio Adventskalender! O que não falta são ideias para colocar a mão na massa. Olha só!


da esquerda para a direita: @idee_creativmarkt / @daskleinedekohaus / @scrapping_nalla / / @tante.pati /@backmichgluecklich.de / @idee_creativmarkt

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo